Celinet

HMC

VN Promotora

Loja Minas

Rannon

Rogério Monteiro Notícias

AÇÃO HUMANIZADA DE ENFERMEIRA EM VIA PUBLICA CHAMA ATENÇÃO EM UMBAÚBA


A ação de uma enfermeira num caso de homicídio chamou a atenção da população de um município do interior Sergipano. O fato ocorrido na tarde desse sábado, 17/04, em Umbaúba (SE) dispersou a atenção das pessoas para o profissionalismo e a humanidade da jovem enfermeira.

Enquanto as pessoas filmavam e fotografavam a vítima de prenome Fabrício, morador da Rua da Deso, que estava caída após ser alvejado por disparos de arma de digo, a enfermeira Itiane Batista Hora, ajoelhada ao lado do corpo da vítima realizava a ressuscitação.

"Minha mãe mora próximo a rodoviária e de casa nós ouvimos os disparos e vi a aglomeração  na esquina. Fui até lá e percebi que ninguém tinha chamado SAMU ou arrumado um transporte pra levar ao Hpp. Na hora não pensei em nada mais além de ligar para o SAMU, verificar o pulso da vítima que estava sem, e iniciei a RCP. Não pensei muito, só fiz", disse Itiane.

Para as pessoas ao redor do corpo o ato de Itiane chama mais a atenção pois, segundo populares, não é segredo que nas unidade de saúde públicas, muitas vezes os profissionais não atendem a todos de modo igualitário, o que por vezes gera até discussões entre pacientes e profissionais, todavia, a jovem alheia ao local do fato, a situação social da vítima, quase dentro de um esgoto a céu aberto, simplesmente deixou a humanidade falar mais forte e por em prática suas técnicas aprendidas com os estudos. nas redes sociais, em grupos de bate papo, as imagens que circulavam eram sempre acompanhadas de legendas parabenizado a jovem enfermeira.

Apesar da aclamação Itiane não acredita ter feito nada demais além do que se é esperado da profissão ou de uma cidadã, um cidadão como Tarcísio da SMTT do município que durante 35 minutos se revesou com ela na massagem cardíaca, que infelizmente não foi suficiente para salvar a vítima.

"Tratar a mim como alguém diferente dos demais profissionais da área é desnecessário pois, fazemos sempre o que nos é ensinado e além disso a vítima infelizmente foi a óbito. Tinha muita gente em volta com celulares nas mãos, mas ninguém ligou para a SAMU ou tinha feito algum procedimento de primeiros socorros, talvez por não conhecerem as técnicas ou apenas por estarem muito preocupados em registrar as imagens", concluiu.

O Homicídio

O homicídio que vitimou Fabrício, morador da Rua da Deso, centro de Umbaúba aconteceu no final de tarde de ontem, sábado 17/04, nas proximidades do Terminar Rodoviário também no centro da cidade. O caso será apurado pela Delegacia de Polícia Civil do município.

Fonte: ®.Lima | @portalalarde

0/Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem