Celinet

Dra. Bruna

Rogério Monteiro Notícias

VN Promotora

Loja Minas

Rannon

Rogério Monteiro Notícias

Após superar câncer raro, jovem de 15 anos vai ganhar festa de aniversário tão sonhada


 Evelyn Juliana da Silva Hora tem 15 anos e assim como grande parte das meninas, sonha com a festa de debutante. Uma história que poderia ser comum, se não fosse marcada pela cura de um câncer raro e da superação das dificuldades financeiras.

A jovem luta contra o câncer desde bebê, antes mesmo de completar 1 ano de idade. A sua jornada começou quando sua mãe, a dona de casa Patrícia da Silva, percebeu um sinal diferente na filha: um desvio no olho esquerdo. Assim, a menina foi levada para uma consulta médica na rede pública de saúde, que suspeitou do surgimento de um câncer.

Como no ano de 2007 não havia um especialista na área de oncologia ocular em Sergipe, a mãe da menina teve que optar por realizar o tratamento ou em São Paulo ou em Salvador, escolhendo a capital baiana, em razão da proximidade geográfica.

A cirurgia de remoção do olho esquerdo - enucleação - foi realizada no Hospital Universitário da UFBA. Foram realizados ainda tratamentos de quimioterapia, de radioterapia e de terapia a laser, para ambos os olhos.

Hoje, a adolescente Evelyn Juliana está curada do retinoblastoma. Faz uso de um olho de vidro no olho esquerdo e possui baixa visão no olho direito. Realiza revisões anuais. Mesmo com as dificuldades apresentadas pela baixa visão no olho direito, ela se aproxima de completar o ensino fundamental numa escola pública da rede municipal de Aracaju e sonha em concluir os estudos.

Desde o tratamento do câncer, há quase 14 anos, Evelyn é assistida integralmente pela Associação dos Amigos da Oncologia – AMO, que fará a festa dos 15 anos da menina com a temática Cinderela. O evento acontece nesta sexta-feira (29).

“Já sofremos tanto na vida. Agora, passa um filme dos últimos 15 anos de Evelyn. Estou muito emocionada. Agradeço imensamente a Deus pela saúde da minha menina e a AMO por nos apoiar incondicionalmente”, disse a dona de casa Patrícia da Silva, mãe da debutante, ao vê-la experimentando o vestido de Cinderela.

Fonte: Portal A8SE e ascom AMO.

0/Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem